Analista aponta 6 altcoins esquecidas que podem saltar em breve
Analista aponta 6 altcoins esquecidas que podem saltar em breve, esse analista se identifica no Twitter como Crypto Nova publicou, nesta sexta-feira (10), sobre altcoins com pequeno valor de mercado, que ainda são pouco visadas. As “small caps”, aponta a analista, são projetos com chances maiores de valorizações expressivas.
Criptomoedas

Analista aponta 6 altcoins esquecidas que podem saltar em breve

Analista aponta 6 altcoins esquecidas que podem saltar em breve, esse analista se identifica no Twitter como Crypto Nova publicou, nesta sexta-feira (10), sobre altcoins com pequeno valor de mercado, que ainda são pouco visadas. As “small caps”, aponta a analista, são projetos com chances maiores de valorizações expressivas.

Altcoins escondidas

O primeiro criptoativo apontado por Crypto Nova é o token MLT, da plataforma MILC, cujo propósito é licenciar conteúdos na Web3. A analista comenta que acredita no potencial do token e, com apenas US$ 22 milhões em valor de mercado, ela avalia que o MLT pode ter uma valorização expressiva.

Outro criptoativo mencionado na série de publicações é o FRM, token nativo da Ferrum Network. A Ferrum tem o objetivo de conectar diferentes blockchains, facilitando um futuro focado em interoperabilidade no ambiente de finanças descentralizadas (DeFi). Crypto Nova julga o projeto promissor, e destaca que ele possui apenas R$ 4 milhões em valor de mercado.

Ainda na área de interoperabilidade, a analista menciona o ROUTE, token do Router Protocol, que permite a criação de aplicações em diferentes blockchains. Assim como a Ferrum Network, o objetivo do Router Protocol é permitir conexões entre diferentes redes. O valor de mercado do token é de US$ 31 milhões.

VELA é o token nativo da Vela, uma exchange descentralizada em fase de testes na Arbitrum. Este é mais um criptoativo na lista de Crypto Nova que, com US$ 32 milhões em valor de mercado, é apontado como promissor pela analista. O projeto é mais uma exchange descentralizada que permite abrir posições como “comprado” ou “vendido”, permitindo ainda o uso de alavancagem.

TRIAS é outra small cap apontada na série de publicações, e conta com US$ 14 milhões em valor de mercado. Trata-se do criptoativo nativo do Trias Labs, uma infraestrutura descentralizada para computação em nuvem, voltada para aplicações empresariais.

O último criptoativo da lista feita por Crypto Nova é o RELAY, que possui o menor valor de mercado: US$ 2 milhões. É o token de um projeto com o mesmo nome, cujo objetivo é criar bridges mais eficientes, com liquidez agregada, para criar comunicações entre blockchains.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados *