Bitcoin se recupera e stablecoins seguem abaixo da paridade
Bitcoin se recupera e stablecoins seguem abaixo da paridade
Bitcoin

Bitcoin se recupera e stablecoins seguem abaixo da paridade

Conforme o mercado assimilou a decisão do Fed de manter os juros, as criptomoedas voltaram a valorizar. Segundo o CoinGecko, o preço do Bitcoin (BTC) abriu em alta de 2,6%, registrando a maior valorização em todo o Top 10.

O preço do Bitcoin abriu o dia cotado a US$ 25.464, ou cerca de R$ 122 mil na cotação atual. Com isso, a criptomoeda pelo menos retomou a barreira dos US$ 25 mil, embora ainda continue em tendência de queda.

Por outro lado, o Ether (ETH) teve uma valorização mais modesta e chegou a 2%, o que lhe deu a segunda maior alta entre as maiores criptomoedas. Seu preço abriu o dia na faixa de US$ 1.663, ou cerca de R$ 8 mil.

Somente duas criptomoedas registraram quedas no Top 10: a Tron (TRX), que caiu 1%, e a XRP, que abriu o dia com perda de 2,4%. Além disso, as stablecoins também operam em baixa e nem USDC, nem USDT conseguiram recuperar a paridade de US$ 1,00.

Com alta de 2,2%, o valor de mercado das criptomoedas abriu o dia em US$ 1,7 trilhão (R$ 5,16 trilhões) e com um volume de US$ 34,7 bilhões (R$ 167,2 bilhões). A dominância do BTC quebrou um recorde e atingiu 46,1% e a do ETH caiu para 18,6%, totalizando 64,7%.

Mundo Invertido no Top 100

Se as 100 maiores criptomoedas do mercado tiveram quedas superiores a 10% na quinta-feira (15), a situação se inverteu nesta sexta (16). Entre as grandes do mercado, todas as maiores altas registraram ganhos acima de dois dígitos.

Quem liderou as valorizações foi a KAS, que atingiu ganhos de 17,9%, enquanto o token da Trust Wallet (TWT) subiu 16,1%. Outra valorização expressiva foi da STX, que ampliou sua sequência de altas com ganhos superiores a 13%, e a Pepecoin (PEPE), que subiu 10,1% no dia.

Por outro lado, as quedas foram bem mais moderadas tanto em números absolutos quanto em percentuais. A VeChain (VET) caiu 3,9% e teve as maiores perdas, seguida dos 3,1% da MATIC e do token do BitTorrent (BTT), que perdeu 2,9%.

“Mesmo sofrendo forte pressão vendedora nas últimas 2 semanas, o Bitcoin não consegue ficar abaixo do suporte de US$ 25 mil. Caso se mantenha acima dele, podemos engatar uma alta de aproximadamente 10% na próxima semana”, destacou Fernando Pereira, gerente de conteúdo da Bitget.

Futuros e liquidações

Conforme o Coinglass, o volume de futuros abriu o dia em forte queda de 30,4% e alcançou um valor total de US$ 58,7 bilhões. A Binance segue na liderança deste mercado e movimentou US$ 13,26 bilhões, com a Bitget em segundo lugar e um volume de US$ 4 bilhões.

No lado das liquidações, o volume total caiu 65,7%, o que fez as liquidações chegarem a um total de US$ 55,7 milhões. A maioria delas (US$ 36,5 milhões) veio de posições vendidas e outros US$ 19,25 milhões atingiram quem estava comprado no mercado. O BTC movimentou a maior quantidade de liquidações, seguido do ETH.

Publicidade

O total de traders liquidados nas últimas 24 horas chegou a 20.961, com destaque para um deles que perdeu US$ 2,02 milhões na Bybit negociando Bitcoin.

Nos siga no Instagram: @guiacripto.online

Posts relacionados

Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados *