O número de CNPJs ativos que declaram imposto de renda em criptomoedas ultrapassou a marca de 12.000 pela primeira vez no Brasil. O número de declarações chegou a 12.053 em agosto, segundo a Receita Federal.

Esta é a primeira vez desde a criação da Portaria Normativa 1.888 que o Brasil quebra a barreira de 12.000 CNPJs declarando que fazem negócios com criptomoedas. Publicada em agosto de 2019, a IN 1.888 estabelece as regras que pessoas físicas e jurídicas devem seguir ao registrar negócios de criptomoedas no Brasil.

Declarações de pessoas físicas no Brasil

De acordo com a IN 1.888, pessoas físicas e jurídicas são obrigadas a declarar operações com mais de 35 mil reais de criptomoeda por mês.

Por outro lado, em relação a julho, o número de indivíduos anunciando que estão fazendo negócios com criptomoedas caiu. Mais especificamente, houve 36.274 transações a menos em agosto do que no mês anterior, mas o número foi superior a 1,3 milhão.

Forte queda nos preços e volumes de Bitcoin

Nos últimos meses o Bitcoin e o mercado em geral de criptomoedas vem sofrendo uma grande crise, isso pode impactar no crescimento do número de declarantes, visto que com as grandes quedas o número de investidores tende naturalmente a diminuir.

O Brasil registrou um total de 2.113.945 ações em agosto, ante 2.918.917 em julho. O valor da transação em agosto foi de R$ 1,42 bilhão, ante R$ 1,77 bilhão em julho, mas o valor médio da transação passou de R$ 609,74 para R$ 674,62.

Nos siga no Instagram: @guiacripto.online