A polícia do Cazaquistão prende quadrilha que obrigava pessoas a minerar bitcoin em fazendas clandestinas com 23 pessoas suspeitas de coagir profissionais da área de TI (informática) e forçá-los a trabalhar em fazendas subterrâneas clandestinas de mineração de bitcoin. Um levantamento preliminar efetuado pelas autoridades, estimam que as operações ilegais lucraram de US$ 300 mil a US$ 500 mil por mês.

Conforme o site Eurasianet, as autoridades revelaram no início da semana que dentre os presos estão ex-presidiários e agiotas acostumados a ameaçar e chantagear pessoas em cobrança de dívidas e extorsões. Neste caso, a quadrilha orientava as vítimas a administrar as operações de mineração.

Segundo a polícia, a sofisticação da operação sugere que a organização criminosa não comandava as operações de forma totalmente independente, abrindo margem para investigar terceiros. Um dos detidos, que no momento da ação da polícia portava um fuzil, pistolas e munição, foi identificado como um militar do exército.

Mineração de bitcoin no Cazaquistão

Autoridades do Cazaquistão têm fechado várias fazendas de mineração nos últimos meses e apreendido milhares de máquinas. Até março deste ano, foram interrompidos mais de 100 centros de operação, o que resultou em mais de 60 mil mineradoras após uma “varredura” da polícia em várias regiões do país.

Segundo a reportagem, muitas das principais operações de mineração no país estavam ligadas a funcionários de alto escalão do governo, empresários e até parentes do ex-presidente Nursultan Nazarbayev.

A mineração de bitcoin tornou-se uma dor de cabeça particular para o governo do Cazaquistão por conta da demanda de eletricidade nos últimos anos, que aumentou com a chegada de mineradores expulsos da China.

O governo então convocou todas as empresas a se registrarem nos órgãos competenets e adotou medidas de repressão a mineração ilegal — no país também teve apagão e escassez de eletricidade. Uma taxa sobre mineração também foi criada.

O país possui empresas conhecidas que operam legalmente, como a Ice Rock Mining, Enegix e SAI.TECH.

 

Nós siga no instagram: @guiacripto.online