A desalavancagem histórica do mercado de criptomoedas pode estar chegando ao fim, o que pode sinalizar o fim da pior fase do mercado em baixa, de acordo com um analista do JPMorgan.

Em uma nota de quarta-feira, o estrategista do JPMorgan, Nikolaos Panigirtzoglou, destacou o aumento da disposição das empresas em resgatar outras companhis e um ritmo saudável de financiamento de capital de risco em maio e junho como base para seu otimismo. Ele disse que os principais indicadores apoiam a avaliação:

“Indicadores como nossa métrica de Alavancagem Líquida sugerem que a desalavancagem já está bem avançada.”

A desalavancagem das principais empresas de criptomoedas, onde seus ativos foram vendidos voluntariamente, às pressas ou por liquidação, começou principalmente em maio, quando o ecossistema Terra entrou em colapso e eliminou dezenas de bilhões de dólares. Desde então, os credores de criptomoedas BlockFi e Celsius e a empresa de investimentos Three Arrows Capital tiveram seus próprios problemas.

Panigirtzoglou acrescentou que a gravidade da desalavancagem de algumas empresas de criptomoedas pode ser tão grave que “sugerem que os tremores da queda do mercado de criptomoedas deste ano continuam a reverberar”.

No entanto, Panigirtzoglou argumenta que a desalavancagem pode estar chegando ao fim, com entidades cripto agindo para resgatar empresas em dificuldades, afirmando:

“O fato de que entidades cripto com balanços mais fortes estão atualmente intervindo para ajudar a conter o contágio.”

Em meio às calamidades que atingem várias empresas de blockchain, como Three Arrows Capital e Celsius, a exchange FTX de Sam Bankman-Fried está se posicionando para expandir sua influência em todo o setor. Há rumores de que a FTX está se oferecendo para comprar a plataforma de empréstimo de criptomoedas BlockFi por US$ 25 milhões, de acordo com um relatório de 30 de junho do Cointelegraph. No entanto, o CEO da BlockFi, Zac Prince, negou os rumores em um tweet na quinta-feira.

Panigirtzoglou também observá o ritmo saudável do financiamento de capital de risco no espaço de criptomoedas como um bom sinal. Conforme as estimativas do JPMorgan, havia cerca de US$ 5 bilhões em financiamento de VC para empresas de criptomoedas em maio e junho. O rastreador de métricas de captação de recursos Dove Metrics, usando os dados da Airtable, estima que o financiamento de criptomoedas é maior, em US$ 8,6 bilhões no mesmo período.

Essa taxa de financiamento caiu US$ 2,2 bilhões em março e abril, mas aumentou US$ 3,4 bilhões em maio e junho de 2021.

As últimas previsões do JPMorgan devem soprar ar fresco nos corações dos investidores em cripto em 2022, que suportaram o que a Glassnode considerou o pior mercado de baixa na história do comércio de criptomoedas. Desde novembro de 2021, quando o valor total do mercado de criptomoedas atingiu US$ 3 trilhões, caiu abaixo de US$ 1 trilhão para US$ 934 bilhões, segundo a CoinGecko.