Conforme declarou a empresa, a Meta está abrindo sua primeira loja física para vender dispositivos VR e AR, com foco em suas interações de metaverso.

A previsão é que a loja abra no dia 9 de maio. A instalação ficará localizada no campus Meta Burlingame. É também onde está localizado o Reality Labs, divisão da empresa focada no metaverso.

Está será a primeira loja oficial da Meta voltada para produtos com foco no metaverso.

“Na Meta Store você poderá obter experiência prática com todos os nossos produtos de hardware. Queremos que você interaja com tudo. Queremos que você pegue as coisas. Queremos que você sinta isso”, disse o comunicado.

Ainda segundo a empresa, a loja incluirá dispositivos como óculos de sol inteligentes Ray-Ban Stories. Além disso, os clientes poderão ligar para os associados do varejo usando o dispositivo Portal da Meta, que permite chamadas vídeo.

Haverá ainda uma demonstração do headset de realidade virtual Quest 2.

Abrindo uma loja física.

Conforme a Meta, o objetivo da loja é dar ao público um vislumbre de como o metaverso ganha vida. É como se a loja atuasse como uma espécie de ponte para o metaverso e uma janela para observar o futuro.

“Não estamos vendendo o metaverso em nossa loja, mas esperamos que as pessoas entrem e saiam sabendo um pouco mais sobre como nossos produtos ajudarão a conectá-los a ele”, disse Martin Gilliard, chefe da Meta Store.

Esta não é, a primeira iniciativa de uma grande empresa de abrir lojas próprias voltadas a interação entre mundo físico e virtual. Afinal, empresas como Apple, Google e Microsoft já efetuaram o mesmo anteriormente.