O mercado de criptomoedas interrompeu a sequência de alta que vinha impulsionando o valor de praticamente todos os criptoativos do top 30 do mercado.

Bitcoin, Ethereum, BNB, Solana, Terra e outras, que vinham registrando ganhos consistentes de até 5% no dia, viram seu valor voltar a cair.

O mesmo ocorreu com as memecoins como a Dogecoin que enfrentam forte exaustão após seus ganhos recentes, causando uma pequena retração.

Contudo, embora as coisas possam estar ruins para a Dogecoin, o analista Akash Girimath destaca que essa recente retração empurrou DOGE para uma zona de demanda, sugerindo a possibilidade de um rápido aumento.

“O preço do Dogecoin retrocedeu 14% após uma alta de 40% que começou em 14 de março. Embora a retração permita que os compradores do Dogecoin se recuperem, foi causado pela súbita tendência de baixa do Bitcoin”, disse.

Dogecoin

Destacou que independentemente do motivo da queda, a retração fez DOGE testar novamente a zona de demanda de US$ 0,127 a US$ 0,137, o que fornecerá aos touros a força extra para iniciar outra perna.

“O rali resultante impulsionará o DOGE a testar novamente as barreiras de resistência semanais de US$ 0,163 e US$ 0,194. A eliminação desses obstáculos é crucial para os formadores de mercado coletarem a liquidez do buy-stop acima da barreira de US$ 0,194”, analista.

Ele apontou que essa ascensão constituiria um ganho de 60% para os investidores dispostos a aproveitar a oportunidade.

“Agora é o momento certo, pois o preço do Dogecoin testa novamente a zona de demanda diária”, disse.

Girimath observou que um cenário de queda pode ser confirmado caso os touros não mostrem força.

“Um colapso da zona de demanda colocará um prego final no caixão dos touros e irá derrubar o valor do DOGE. Um candle diário fechado abaixo de US$ 0,127 invalidará a tese de alta do preço do Dogecoin, criando uma mínima mais baixa”, aponta.

Disse que esse movimento também levará à quebra da zona de demanda, indicando um aumento na pressão de venda.

“Nessa situação, os traders podem esperar que o DOGE retorne ao nível de suporte de US$ 0,109, permitindo que os compradores se reagrupem e deem outra chance à tendência de alta”, finaliza.