Próximo escândalo das criptomoedas já tem nome, diz bilionário Mark Cuban. O bilionário Mark Cuban recentemente compartilhou seus pensamentos sobre o que pode causar o próximo crash das criptomoedas. A estrela do Shark Tank americano afirmou que uma prática muito comum no mercado pode abalar a indústria a qualquer momento.

O que é Wash Trading?

Definido como um tipo de esquema de manipulação de mercado, o wash trading envolve a criação de “altas artificiais” em uma criptomoeda.

O falso volume da moeda leva o público a acreditar que há uma alta demanda por um determinado token, fazendo-os comprar tal ativo por um preço mais alto do que ele realmente vale.

De forma simples, uma empresa golpista ou outros atores maliciosos compram e vendem tokens semelhantes, inflando artificialmente os volumes de negociação em torno dessa moeda.

Eles então promovem comentários favoráveis ​​nas mídias sociais sobre o token, dando a outros traders a impressão de que ele é muito apreciado e está em alta demanda. Seu preço sobe como resultado da manipulação. Os golpistas então despejam suas participações do ativo para novos usuários que acreditam na falsa alta.

Conforme a Commodity Futures Trading Commission, esse tipo de prática ilegal permite que aqueles por trás dela consigam lucros com pouco ou nenhum risco.

Cuban acredita que esse tipo de esquema desencadeará a próxima implosão do mercado cripto, embora o bilionário admita que, agora, não tem evidências tangíveis para apoiar sua tese.

80% de volume falso

A firmação de Cuban tem base, já que o mercado de criptomoedas é vulnerável ao wash trading devido à disponibilidade de milhares de tokens.

A falta de clareza regulatória só aumenta o problema. Um relatório publicado pelo National Bureau of Economic Research descobriu que mais de 70% do volume de negociação em corretoras de criptomoedas não regulamentadas é falso.

Os pesquisadores descobriram que, em alguns casos, o wash trading representou até 80% do volume total de negociação.

“Essas estimativas se traduzem em operações de lavagem de mais de 4,5 trilhões de dólares em mercados à vista e mais de 1,5 trilhão de dólares em mercados de derivativos apenas no primeiro trimestre de 2020.”

Nos siga no Instagram: @guiacripto.online