O CEO do Uber, Dara Khosrowshahi, voltou a afirmar que a empresa deve começar a aceitar pagamentos em Bitcoin em “algum momento”.

A declaração em uma entrevista concedida à Bloomberg Technology:

Uber will “absolutely” accept crypto “at some point,” says CEO Dara Khosrowshahi. He tells @emilychangtv what it will take to lean in https://t.co/NPVkLehM3Y pic.twitter.com/a2gUSJN9WQ

— Bloomberg Technology

 

Como barreiras que impedem a aceitação das criptomoedas imediatamente pela empresa, Khosrowshahi mencionou o custo das transações, com altas taxas para pagamentos diários.

Acrescentou que muitas criptomoedas são atualmente consideradas pelas pessoas como uma “reserva de valor”. Portanto, isso as tornaria irrelevantes para pagamentos diários.

Ainda, mencionou o impacto ambiental da mineração de algumas criptomoedas:

“Estamos conversando o tempo todo”, disse Khosrowshahi. “Mas o mecanismo de troca é caro e não é bom para o meio ambiente. À medida que o mecanismo de troca se torna menos caro e mais ecológico, penso que você nos verá nos inclinando um pouco mais para as criptomoedas.”

Apesar dos problemas, o executivo garantiu que o Uber “absolutamente” aceitará criptomoedas no futuro. Ele não forneceu detalhes sobre o cronograma.

Esta não é a primeira vez que o Uber sugere aceitar Bitcoin. Em fevereiro do ano passado, Khosrowshahi havia dito que a empresa adicionaria suporte ao Bitcoin assim que houvesse demanda suficiente.