O mercado de tokens não fungíveis (NFTs) vem enfrentando uma queda constante nos últimos meses. Como publicado aqui GUIA CRIPTO, o volume diário de negociação de NFTs chegou a cair de US$ 1 bilhão dia para pouco mais de US$ 100 milhões por dia. Porém, agora, vendas de NFTs sobem 13% quebrando série de quedas de 8 meses.

No entanto, de acordo com dados do painel do The Block, o volume mensal de negociação de NFTs em dezembro de 2022 surpreendeu ao subir 13% em relação a novembro, alcançando US$ 549,5 milhões.

De acordo com Thomas Bialek, do setor de pesquisa do The Block, esse aumento é “provavelmente uma combinação de perda de impostos e uma revitalização de narrativas populares em torno de alguns dos projetos PFP blue-chip, mais notavelmente Yuga Labs, devido ao próximo evento ‘Trial of Jimmy the Monkey’”.

NFTs

Apesar deste crescimento mensal, os volumes de negociação ainda são uma fração do que eram há um ano. Em dezembro de 2021 foram registrados cerca de US$ 2,8 bilhões em atividades.

Os NFTs tiveram alguns momentos de destaque também em 2022, mesmo com a crise econômica. Em fevereiro, um NFT beneficiando o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi vendido por US$ 52,7 milhões. Ale, disso, os NFTs da Yuga Labs também superaram as vendas de NFTs mais caras no ano passado.

Apesar da queda geral no mercado, este aumento no volume de negociação de NFTs em dezembro de 2022 pode ser um sinal de uma recuperação no mercado de NFTs. A tendência de crescimento de projetos blue-chip e o aumento na busca por ativos digitais únicos e raros podem continuar a impulsionar a demanda por NFTs no futuro.

Nos siga no Instagram: @guiacripto.online